Consulta

Seguro Desemprego 2016

dsc8739O seguro desemprego 2016 deve ser uns dos itens mais requisitados pelas pessoas, por causa do momento político e econômico complicado que o Brasil enfrenta, com muitas demissões e poucos empregos sendo ofertados, mesmo nas grandes companhias.

Por isso, conhecer tudo o que puder sobre essa garantia para o trabalhador que perde o seu trabalho e não tem nenhuma outra fonte de renda, é fundamental para que quando ele precise usar esse benefício.

Ele já saiba todos os passos a serem tomados e consiga com mais facilidade utilizar esse benefício e assim passa um momento traumático com mais tranquilidade.

Função do Seguro Desemprego 2016

O Seguro Desemprego 2016 tem como principal função garantir um pouco de tranquilidade e estabilidade a alguém que acabou de perder o emprego e não tem nenhuma outra fonte de renda, para manter as contas em dia, assim, recebe-se um auxilio até o momento de encontrar um outro trabalho.

Por isso, deve ser ressaltado que, para recorrer ao benefício, a pessoa tem de realmente estar precisando da renda.

Uma vez que, o nosso país está passando por momentos difíceis economicamente, e ainda existem centenas de milhares de pessoas que necessitam do seguro para se sustentar, quem tem condições financeiras ou já possuem uma vaga de emprego garantida e também recorre não só está fazendo um mal para a sociedade, mas para si próprio.

dsc78273Direito do Seguro Desemprego 2016

Os grupos de trabalhadores, os quais, podem solicitar o Seguro Desemprego 2016, são aqueles que foram demitidos sem justa causa e conseguem comprovar que não possuem nenhuma outra fonte de renda.

Além dos pescadores em época de defeso (meses que os peixes estão reproduzindo e portanto, a pesca é proibida) e os trabalhadores rurais, os quais, se encontravam em condições análogas ao trabalho escravo.

Como solicitar o Seguro Desemprego 2016

Quem começou o ano dando o azar de ser demitido, deve solicitar o seu Seguro Desemprego 2016 da maneira mais rápida possível, pois, quanto mais tempo passa para entrar com o requerimento e solicitar esse benefício, mais difícil esse requerimento fica para ser aceito.

Por isso, assim que uma pessoa é demitida, ele deve juntar rapidamente os cacos, as decepções e as mágoas com o antigo trabalho e dar entrada na sua solicitação, marcando o agendamento para a apresentação dos documentos, na sede da Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego ou na SINE – Sistema Nacional de Emprego, essas são as duas melhores opções para solicitar o seu benefício.

dsc263

Para que ele seja aceito, é necessário apresentar uma série de documentos, os quais, comprovam que você está desempregado e não tem uma renda suficiente para sustentar sua família, assim, o Governo deve conceder essa ajuda para você.

Os documentos que devem ser levados em uma solicitação de Seguro Desemprego são:

  • Um documento de identificação o qual tenha uma foto sua como referência.
  • CTPS, Carteira de Trabalho e Previdência Social independentemente do modelo e do ano que ela seja, pode levar de qualquer maneira
  • Documento de Identificação de Inscrição no PIS/PASEP;
  • Requerimento de Seguro Desemprego / Comunicação de Dispensa impresso pelo Empregador Web no Portal Mais Emprego.

Esses são os documentos básicos, os quais, podem dar entrada ao seu pedido de seguro desemprego e assim, conseguir um período mais tranquilo depois de uma demissão, o que, claro, nem sempre é uma tarefa fácil.

Tabela seguro desemprego

O valor que cada pessoa recebe do seguro desemprego, varia conforme era o seu salário, quanto maior era o salário, maior será o seguro desemprego.

Assim, em um primeiro bloco, estão as pessoas que recebiam mais de R$ 2.268,05 de salário, essas pessoas ganharão parcelas de 1.542,24, invariavelmente.

dsc823Já quem tinha um salário entre R$ 1.360,71 até R$ 2.268, vai ter uma parcela com o valor acima de 1360,00, multiplicado por 0,5 e com a soma de 1.088,56.

O último bloco do cálculo do valor da parcela a ser paga no seguro desemprego é o seguinte, para pessoas que ganham até R$ 1.360,7, multiplica-se o salário médio por 0.8 (80%). Assim, se chega no quanto cada pessoa vai ganhar de seguro desemprego.

É um raciocínio logico, uma pessoa com salário menor não precisa de tanto dinheiro para viver, pois isso, pode receber uma parcela de seguro desemprego menor. Agora já quem vive gastando muito, vai precisar ter um benefício maior, para dar contas de todos os gastos.

E vocês, entenderam tudo sobre o seguro desemprego 2016? Tem mais alguma dúvida a respeito desse assunto, a qual, não foi abordada no texto?

Caso tenha, não hesite em escrever para nós, no campo de comentários abaixo, qual a sua questão, que respondermos com prazer.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3.461 votes, average: 4,57 out of 5)

Sobre a Autora

Camila Bertolli

Olá, eu sou a Camila Bertolli, dona do blog e escritora a algum tempo!
Sempre que possível tento trazer os melhores conteúdos, então, acompanhem para se manterem atualizados. Não esqueçam de deixar seus comentários rs 🙂❤