Pet

Pit Bull → Muito Dócil e Protetor Para Aqueles Que Precisam de um Bom Companheiro

A raça Pit Bull é cercada de mitos de medos, quando na verdade o cachorro apenas segue ordens e ensinamentos de um dono, a raça em si não é motivo de medo desde que criado estimulando o lado dócil ao invés do agressivo.

Quando você olha para um cão da raça Pit Bull, você pode notara que é um cão tipicamente musculoso, mas não é apenas aparência, o cão possui força em sua estrutura, tanto no pescoço ou nas mandíbulas, podemos dizer que é um cão parrudo.

Uma mordida dos Pit Bulls pode chegar até 1 tonelada, isso é impressionante e esmagador, além da força, possui rapidez, diferente de outras raças ele pode se apresentar de diversas cores, o pelo da raça é curto, grosso e brilhante.

Nesse artigo vamos falar sobre a raça dos Pit Bulls e suas curiosidades, relações e duvidas, confira.

História da Raça Pit Bull

A história dos Pit Bulls é um tanto inusitada, assim como a evolução das raças o cruzamento seletivo de espécie, deram a sua origem, o seu surgimento foi possível graças as antigas raças bull e terrier.

Quem trabalha em fazenda sabe que é difícil e quão pesado é o serviço as vezes, então a raça inicialmente seria para que fosse uma espécie de capataz ou faz tudo animal de uma fazendo, por isso era necessária tanta força.

Além de faz tudo, teria uma segunda função como protetor dos criadouros, tipo vaca, ovelha, porco e animais grandes. O tempo levou a raça para outras atividades, muito popular em praticantes de esportes.

Há controversas na história da criação do Pit Bull, onde criadores e especialistas dizem que surgiria de uma raça antiga bulldog, a controversa surge por causa de antigos escritos, que mostram a imagem de animais semelhantes a forma atual que conhecemos da raça.

Vamos deixar isso entre eles, o registro do animal ainda é uma dúvida entre os pesquisadores.

Outro fato importante que devemos destacar na história da raça é o impacto da mídia sobre o pobre animal, assim como todo cão possui características únicas que definem quem são.

Apesar dos diferentes comportamentos, de uma forma unilateral, ou seja, todos eles possuem uma mesma característica, a necessidade de agradar o seu dono.

Por ser um animal com raciocínio limitado podemos assim dizer, compreensões de sua conduta não é uma opção para a raça, pois suas atitudes são inteiramente para agradar o seu dono, podendo ser dócil ou agressivo.

A mídia entra em diversos pontos, que tornam a raça vilã de diversas ocasiões de ataques que chegaram a graves ferimentos, mas outras questões não são abordadas, como o que deu origem, porque o cão fez isso ou aquilo, criações isoladas tornaram a raça alvo de uma discussão infinita de medo, se talvez a raça realmente deveria estar entre os cidadãos.

Algumas instituições, achando que estão acima da divindade podendo escolher quem vive ou deixa de viver, ataca com grande finco a extinção da raça, aprovando leis que dificultam a criação e o mínimo de infração se dá a sentença de sacrificar o pobre animal.

Quando na verdade tudo o que o cão deseja apenas é agradar o dono, além disso é uma raça fiel e leal, podendo proteger o seu dono, algumas compreensões são necessárias aos criadores do animal, para que ataques a raça seja de alguma forma diminuída e atenuada.

No Brasil por exemplo existem leis que obrigam o cão a andar apenas com focinheira, como uma raça de grande força, focinheira não seria problema caso a raça queira realmente atacar, mas o fato é que toda a conduta do cão depende exclusivamente do dono.

Ainda há diversas controvérsias na história a raça Pit Bull, desde sua origem até sua personalidade, mas uma coisa é certeza sobre o animal, as atitudes são reflexas do dono.

Raça Pit Bull

O nome Pit Bull é abreviação de American Pit Bull Terrier, como mencionamos a cima os cães dessa raça tem temperamentos e características especificas que definem quem são, uma das comentadas foi a necessidade de agradar o seu dono.

Mas outras características fazem parte do cão, como a agressividade, por ser um cão de origem protetora, esse está sempre desconfiado, direcionando sua força para outros cães e animais, quando ameaçam o seu espaço ou protegido, no caso do dono. Mas em geral a sua atenção agressiva não é direcionada a pessoas.

Uma das práticas sugeridas por criadores e adestradores é que socialize o animal com destreza, firmeza e calma para que no fim o cão não fique agressivo com outros animais por qualquer outro motivo.

Outra característica da raça é o humor, as vezes parece que o cão está sorrindo, além disso é um cão de travessuras, divertido possui uma lealdade assustadora, dificilmente corruptível, também é conhecido na sua história pela proteção e bom relacionamento familiar, tanto crianças como adultos.

As características positivas são várias, mas um defeito deles é que são ansiosos o que fazem meter os pés pelas mãos, ainda mais com um empurrãozinho da mídia, faz dessa raça verdadeiras maquinas de ataques.

O Pit Bull diferente das outras raças possui um extinto de proteção e somado a sua inteligência, fazem dele um excelente guarda costas, podendo custar até sua vida se depender de proteger o seu território ou dono.

Fora isso a raça é bem afável e doce, tudo está lidado a criação e ensinamentos que recebem desde pequenos, para que os Pit Bulls vivam com outros animais é necessário que cresçam desde pequenos, fazendo que sua interação com outras não seja agressiva ou no mínimo estranha.

A raça em si, possui um deseja incontrolável de agradar o dono, então use isso ao favor de sua criação, como por exemplo, usá-lo para ser mais sociável com outros animais e pessoas, mas claro que exige treino e postura de um líder.

O extinto do cão é seguir o líder, então passe essa imagem para o cão, pois quando temos entendimentos de como funcionam a raça ajudam a combater o que a mídia dissemina em suas reportagens.

Os Pit Bulls tem tolerância a dor e quando incentivado de forma correta, pode ser uma excelente companhia para crianças e guarda costas do lar.

Red Nose

Red Nose é um uma característica dos Pit Bulsl, traduzindo o nome é narina vermelha, se você já viu a foto de um animal dessa raça, perceba que em volta da narina ou dentro dela há grande concentração de pigmentos avermelhados.

A raça tem diversas mudanças devido ao seu acasalamento selecionado, prezando por características especificas, fazendo com que alguns não possuam essa característica, dando origem a uma linhagem que de Pit Bull Red Nose.

Quando não possuem essa pigmentação avermelhada no nariz, não fazem parte da linhagem dos genitores da raça antiga.

A característica deu origem também a uma marca brasileira, conhecida no mundo do esporte radica, como símbolo de força, lealdade e esforço fazem com que a marca tenha bom relacionamento com praticantes de esporte, de skate, surf e entre outros.

Terrier

O nome terrier vem da palavra latim que significa terra, o nome Pit Bull Terrier é conhecido como cães de briga no passado, atualmente o cão tem ganho destaque como atleta em campeonatos direcionados a animais.

Na história dos Pit Bulls, falamos que há diversas controvérsias, mas um fato inegável da sua origem é que algumas linhagens deram a inicio do cruzamento do bulldog com outras raças terriers, combinando características especificas.

No passado o bulldog era usado em rinhas de briga animal, necessitando de agilidade para que aumentasse a capacidade de luta, combinando as atuais características com agilidade.

As somas de tantas características chamaram atenção de criadores fazendeiros, que usaram a raça para capturar animais ou ser um guarda costa de causar medo em intrusos.

A rinha passou a ser proibido, pelo art. 32 da Lei 9.605/98, quem for pego incentivando ou participando, pode ser prezo por até 3 anos.

Americano

O nome é dado ao cão de origem norte americana, a sua estrutura física é média, o que fazem com que sejam compactos.

Uma característica é que possuem músculos a amostra, de grande resistência e agilidade, a raça não para que seja considerado de pedigree, não pode ser de alguma forma desmantelada, pois é um cão de postura ou de ossos finos.

O Pit Bull pode ter variações linhagem como:

  • Red Nose
  • Black nose

Para serem qualificados da raça a cor dos olhos são determinantes, podendo ser aceito qualquer cor, exceto tons de azul, criadores e especialistas afirma que essa variação desqualifica o cão como puro da raça.

American Bully

É como se fosse um mini Pit Bull, com grandes diferenças que vão da estatura até a personalidade.

O cão é de origem do cruzamento do Pit Bull com outras raças terriers, diferente dos outros familiares, esse é dócil e apenas para companhia, claro que algumas características das outras raças são preservadas.

Um dos pontos fortes da raça é que é muito amigável, com outros humanos e animais, além de ser gentil, sendo indicado para o ambiente familiar, não só pela personalidade, mas pela resistência ainda mais quando há crianças no ambiente.

Preservando a tolerância a dor, faz desse cão um perfeito companheiro para crianças e suas travessuras, pois a agressividade não faz parte da personalidade do cão, quando incentivado de forma errada, pode atacar outras pessoas, pois ainda há o desejo de agradar o dono.

A raça American Bully é facilmente confundida com Pit Bull, como parente distante, é motivo de associação de ataques e outros destaques negativos da mídia, com personalidade totalmente diferente dos demais é uma raça que pode facilmente pode ser inserida no ambiente familiar.

Blue Nose

Assim como o Red Nose é uma pigmentação que aparece em casos raros na raça Pit Bull, quando há casos, podem ser conhecidos como cães de narina azul, podendo ainda ser visível em tons cinza escuro ou claro, ainda com outras variações como pintas ou marcas.

O Blue Nose provem de cruzamentos específicos das raças, como Amstaff e Mastim Napolitando e de um ancestral antigo, o Blue Paul Terrier, que atualmente é extinto e sem informações de origem e criação, mas uma coisa é certa, muitos músculos foram herdados desse antigo animal.

Pit Bull Filhote

O filhote de Pit Bull são muito bonitinhos, são pequenos e gordinhos, os músculos aparecem quando adolescentes.

Os filhotes da raça são cheios de energia e inquietos, andam e correm bastante, por isso é necessário que faça atividades físicas, como corrida ou treinos para que além de musculosos fiquem mais calmos.

Os Pit Bulls podem viver em apartamentos, mas lembrando que também é necessárias atividades físicas constantes para que seu acumulo de energia não seja voltado para o lado destrutivo com parte da mobília.

Devido ao pelo curto, os filhotes precisam de um ambiente quente, se o ambiente estiver frio, será necessária uma coberta para mantê-los aquecidos.

Algumas colorações de pelagem são aceitas na raça, veja:

  • Branco

Apesar de bonito o cão totalmente branco, não é um padrão de cor, assim como os humanos, há albinos, que é um tipo de deficiência genética, que causa ausência de pigmentação, fazendo com que seja totalmente branco.

Então não sendo uma cor, mas aceito como padrão da raça, deve tomar cuidados com animais albinos, mesmo diante de força, músculos é necessária atenção ao sol, por exemplo que podem causar alguns desconfortos ao animal.

Apesar de bonito o cão branco, o cruzamento entre outros brancos ou linhagens para obter outros albinos, não é incentivado por criadores especialistas da raça, por motivos de saúde e deterioração da raça.

  • Preto

Há animais totalmente preto ou com manchas brancas pelo corpo, quando no sol pode acontecer duas coisas o pelo pode ficar avermelhado ou azulado por causa de seus parentes, isso tudo depende das linhagens e sucessões de cruzamentos.

Geralmente os cães pretos, possuem narinas cinza, clara ou escura, também podendo ser azulada.

  • Cinza

Os animais da raça Pit Bull possuem diversas cores, uma delas é o cinza, dificilmente é possível encontrar cães nessa cor, devido o cruzamento.

Os cães cinzas podem aparecer com narinas tanto acinzentadas ou azuladas, os conhecidos Blue Nose ou Red Nose, os de narinas vermelhas.

Esse são as cores mais requisitadas da raça Pit Bull, há também cores que não são bem vistas por criadores, a pelagem pode definir um pouco de sua origem, os merles são rajados de diversas formas de pelagem.

O cão com essa cor é sinônimo é degeneração da raça, pois o cruzamento dele com outros pode ser causa de má formação ou deficiência nas gerações futuras, podendo causar cegueira, surdez entre outros agravos.

O Pit Bull Gigante

O cruzamento de raças define linhagens de cães, o Pit Bull gigante é não é diferente, o acasalamento de raças grandes misturados ao Pit Bull fazem com que nasçam filhotes grandes.

Isso é possível com o cruzamento do Mastiff e os Pit Bulls, é sugerido que os animais sejam gerados por fêmeas da raça Mastiff, por causa dos filhotes, que podem ser grandes demais para um Pit Bull fêmea, podendo até matá-la na hora do nascimento.

Hulk

O Hulk é o nome de um Pit Bull gigante, com quase 80 Kg, assusta muitos pelo tamanho, imagine esse cão correndo em sua direção.

Ele é conhecido como o maior cão da raça Pit Bull, o animal é criado por uma família que possuem empresa que cuida de animais abandonados e que também treinam animais.

Ataque de Pit Bull

Na internet é possível ver grandes notícias que cercam a raça, o que causa muito medo nos criadores ou pessoas que admiram a raça e têm medo de viver com o animal.

Muitos deles são causados por cães criados para serem agressivos e quando soltos ou encontram outros animais, atacam, pelo simples fato de agradar o dono com sua atitude proteção ou agressão, o que é infelizmente errado.

Apesar de ser um animal parcialmente inteligente, intenções e compressões das atitudes não fazem parte do entendimento do animal.

Há diversas notícias e casos no brasil e no mundo, em que bebês ficam feridos por interagirem com o animal, mulher atacada e gravemente ferida.

Ainda há aqueles que são totalmente contra a raça, definindo como perigosa e que não podem fazer parte do convivo social.

Esses animais necessitam de grandes esforços para serem inseridos na sociedade, por isso a criação é um fator decisivo, sendo responsabilidade do criador o fato de ter ou não a chance de ferir um animal ou outra pessoa.

A verdade é que a raça dos Pit Bulls passa por preconceitos da sociedade e incompreensão de muitas pessoas que criam, para que situações como essa parem de acontecer é necessário entender a raça, saber os pontos fracos e fortes e trabalhar eles para que não seja motivo de preocupação em sua vizinhança ou familiares.

Criar Pit Bulls tem seus prós e contras, assim como todo animal, mas é recompensador pela lealdade e pelo desejo de agradar o dono é possível criar uma relação saudável com um Pit Bull.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3.614 votes, average: 3,97 out of 5)

Sobre a Autora

Camila Bertolli

Olá, eu sou a Camila Bertolli, dona do blog e escritora a algum tempo!
Sempre que possível tento trazer os melhores conteúdos, então, acompanhem para se manterem atualizados. Não esqueçam de deixar seus comentários rs 🙂❤

Deixe um Comentário