Consulta

Calendário Bolsa Família → Fique Sempre Atento às Atualizações do Calendário

O calendário bolsa família 2016 é uma das informações mais esperadas por pessoas que possuem baixa renda, através do apoio do Governo Federal pessoas que vivem em condições precárias podem ter uma qualidade de vida melhor.

O objetivo do programa social é ajudar pessoas a alcançarem condições melhores, por muitas vezes não possuírem um trabalho remunerado ou sustento, o incentivo do governo colabora para novas oportunidades, por isso é tão aguardado o calendário do Bolsa Família.

É importante lembrar que somente a prefeitura da cidade onde reside pode fazer o cadastro ou recadastramento, para que possa fazer inclusão no programa social do Governo Federal.

Bolsa Família Calendário 2016

O calendário do Bolsa Família é divulgado anualmente, isso porque é necessário analise de custos e recursos financeiros governamentais, dos quais reúne a quantidade necessária para iniciar o pagamento.

O Governo Federal, possui outras atribuições e custos que devem ser honrados, para que todos possam receber é apresentado o cronograma em forma de calendário, onde as famílias do Bolsa Família possam receber o benefício e os demais compromissos governamentais possam ser cumpridos.

  • Calendário: Ele é Divulgado Anualmente.
  • Cadastro: A melhor maneira é fazer isso direto pelo site.
  • Valor: Isso somente irá depender da situação da família.
  • Aumento: Seu aumento ainda não foi definido corretamente, mas é aproximadamente 12%.

Este cronograma de pagamento é administrado e pago pela Caixa Econômica Federal, geralmente esse calendário é informado aos cidadãos no final do ano, para que todos os que dependem do benefício possam se programar.

O pagamento também ocorre em diversas datas, para evitar grande demanda nas agências de atendimento da Caixa Econômica Federal, como há muitas famílias que participam do programa, seria desnecessário permanecer horas na fila ou algum tipo de desgaste do gênero.

Quando dizemos se programar, quer dizer que e necessário se recadastrar ou regularizar a situação para que no dia do benefício a família possa ser apta a receber o recurso.

Anualmente é apresentado aos cidadãos que participam do programa social um calendário, este que é pago conforme o último número do cartão benefício, em outras palavras, no cartão benefício há uma sequência numérica, dessa numeração o último número irá determinar a data do recebimento.

Cartão final

É possível observar que o valor é recebimento mensalmente, através do cartão em datas diferentes, então programe-se.

Cartão final 8 e 9

Se você possui o benefício, com os finais 8 e 9, veja as datas:

Final 8

  • 1º Semestre: 27/jan, 25/fev, 29/mar, 27/abr, 27/mai, 28/jun, 27/jul
  • 2º Semestre: 27/jul29, ago28, set27/out, 28/nov, 21/dez

Final 9

  • 1º Semestre: 28/jan 26/fev 30/mar 28/abr 28/mai 29/jun
  • 2º Semestre: 28/jul 30/ago 29/set 28/out 29/nov 22/dez

Cartão Beneficio 6 e 7

Os beneficiados pelo programa social, receberão os benefícios nas seguintes datas:

Carão 6

  • 1º Semestre: 25/jan, 23/fev, 24/mar, 25/abr, 24/mai, 24/jun
  • 2º Semestre: 25/jul, 25/ago, 26/set, 25/out, 24/nov, 19/dez

Cartão 7

  • 1º Semestre: 26/jan, 24/fev, 28/mar, 26/abr, 25/mai, 27/jun
  • 2º Semestre: 26/jul, 26/ago, 27/set, 26/out, 25/nov, 20/dez

Cartão benefício com final 5

Quem possui o cartão com o final número 5, receberá nas seguintes datas:

  • 1º semestre: 22/jan, 22/fev, 23/mar, 22/abr, 23/mai e 23/jun
  • 2º semestre: 22/jul, 24/ago, 23/set, 24/out, 23/nov e 16/dez

Cartão benefício com final 4

Se você possui um cartão benefício com final 4, veja as datas de pagamento:

  • 1º Semestre: 21/jan, 19/fev, 22/mar, 20/abr, 20/mai e 22/jun
  • 2º semestre 21/jul, 23/ago, 22/set, 21/out, 22/nov e 15/dez

Cartão benefício com final 3

Os beneficiários com o cartão final 3 do bolsa família, podem receber nas seguintes datas:

  • 1º semestre: 20/jan, 18/fev, 21/mar, 19/abr, 19/mai e 21/jun
  • 2º Semestre: 20/jul, 22/ago, 21/set, 20/out, 21/nov e 14/dez

Cartão benefício com final 2

  • 1º semestre: 19/jan, 17/fev, 18/mar, 18/abr, 18/mai e 20/jun
  • 2º semestre: 19/jul, 19/ago, 20/set, 19/out, 18/nov e 13/dez

Cartão Benefício com final 1

O cartão com o final 1, possui as seguintes datas de pagamento:

  • 1º semestre: 18/jan, 16/fev, 17/mar, 15/abr, 17/mai e 17/jun
  • 2º semestre: 18/jul, 18/ago, 19/set, 18/out, 17/nov e 12/dez

Cartão Beneficio com final 0

Finalizando a lista de beneficiários, veja as datas para quem possuem o cartão benefício com final 0:

  • 1º semestre: 30/jan, 29/fev, 31/mar, 29/abr, 31/mai e 30/jun
  • 2º Semestre: 29/jul, 31/ago, 30/set, 31/out, 30/nov e 23/dez

Você pode conferir na integra o calendário do Bolsa Família 2016, veja a tabela abaixo:

Onde Receber o Benefício

Na data conforme o cronograma e o digito do seu cartão, o pagamento pode ser realizado em qualquer Caixa Econômica Federal ou posto de atendimento, como lotéricas.

Na impossibilidade de receber o benefício através do cartão é necessário que o titular do cartão, compareça a uma agência da Caixa para realizar o saque, apresentando documentos de identificação, como RG, CPF.

Baixar Calendário

A internet possui várias facilidades, uma delas é poder baixar o calendário no celular ou mesmo no computador, basta acessar o site da Caixa Econômica Federal e acessar o programa social e selecionar bolsa família.

Nesse canal poderá baixar o calendário do bolsa família 2016, além disso a Caixa disponibilizou recentemente um aplicativo que pode ser instalado no seu celular, o que permite acompanhar de perto o calendário, veja como instalar:

  • Acesse a loja virtual do seu aparelho, no caso de Android, Google Play, já para IOS na Apple Store e Windows Mobile;
  • Digite na busca Bolsa Família, o ícone do aplicativo é verde e amarelo;
  • Instale e logo em seguira poderá abri-lo;
  • Quando executar o aplicativo, irá solicitar o número do seu NIS, que é o número do seu cartão benefício, não é necessária senha;
  • Após isso abrirá as informações do programa.

O aplicativo facilita muito a vida dos participantes do programa, nele é possível consultar o benéfico que irá receber, além de encontrar a Caixa mais próxima, através do serviço de localização e datas de pagamentos conforme o final do seu cartão.

Bolsa Família 2016

Agora que já falamos sobre o calendário do Bolsa Família 2016, vamos entender o que é programa e quem tem direito, assim será mais fácil compreender um pouco mais sobre o programa social.

Em nosso país infelizmente há muita desigualdade social, onde há pessoas muito ricas e outras em pobreza extrema, isso acontece em qualquer estado, cidade que você visitar.

Para incentivar essas famílias vencerem essas dificuldades, que compreendemos que não é fácil, o governo oferece dinheiro para que de alguma forma tenham o mínimo de qualidade de vida para atingir seus objetivos.

O dinheiro é usado para alimentação das famílias de baixa renda, também na compra de materiais escolar e saúde quando necessário, segundo o Governo Federal, muitas pessoas são privilegiadas com o programa, quase 14 milhões de famílias.

Mas para receber o benefício não é tão simples assim, existem critérios que afunilam os candidatos, afim de que recebam o benéfico apenas os que precisam. Confira alguns dos critérios para receber o bolsa família.

Existe três tipos de classificação para receber o benefício:

Extrema pobreza: são famílias que estão abaixo da linha da pobreza, que sobrevivem com renda mensal de até R$ 85,00 por pessoa.

Famílias pobres: são famílias que sobrevivem com uma renda muito baixa inferior a R$ 170,00 por pessoa

Família pobre com criança e adolescente: famílias com baixa renda que possuem gestantes, crianças e adolescentes até 17 anos, que não possam sustenta-lo.

Como se Cadastrar no Bolsa Família

O programa social acontece por meio de uma coleta de dados minuciosa, passando de bairro em bairro, cidade a cidade chegando até o estado e informado ao Governo Federal, que provê os recursos as famílias carentes.

Para participar do programa é necessário que compareça até a prefeitura da sua cidade e peça inscrição para o Cadastro Único, se você já faz parte então atualize a cada dois anos, caso contrário seu benefício poderá ser cortado.

A participação do programa social depende exclusivamente do seu cadastro e averiguação da prefeitura, então é de suma importância que se houve qualquer mudança nos seus dados cadastrais informe, do tipo, falecimento, separação, nascimento ou casamento e assim sucessivamente.

Lembrando que o Cadastro Único não significa que automaticamente passe a receber o benéfico, de acordo com os dados fornecido o MDS – Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, faz uma busca no bando de dados com critérios não divulgados, os selecionados e que atendem os critérios são informados e passam a receber do programa.

Se você deseja saber se o seu nome está na lista de beneficiário, poderá consultar na prefeitura da sua cidade, onde fez o cadastro ou mesmo no site da caixa, alguns dias antes de divulgar o calendário anual é informado a lista de beneficiários.

Bolsa Família e Outros Programas Sociais

Uma mesma família pode participar de vários programas sociais de incentivo a qualidade de vida, desde que uma não implique no recebimento da outra e que os componentes familiares atendam aos requisitos.

Valor do Bolsa Família

O valor pode mudar de acordo com cada situação familiar, podendo ser básico, integral ou variável, para que todos possam ser beneficiados na medida certa, para que assim outras pessoas também sejam contempladas com o programa social Federal.

Valor Básico: se uma família de extrema pobreza sobrevive com renda de até R$ 85,00 por pessoa, o pagamento recebido será de R$ 85,00 mensal.

Valor variável: o valor máximo nessa categoria é de R$ 195,00 é variável pois, depende da composição familiar, se são gestantes, adolescentes até 16 anos, veja a lista:

  • Variável adolescente

Se na família há integrantes de 0 a 15 anos, estes recebem R$ 39,00, podendo acumular até 5 bolsas.

  • Variável gestante

Quando um familiar tem em sua composição alguma gravida, esta recebe até 9 parcelas de R$ 39,00, desde que informado na prefeitura da cidade, após isso poderá receber as parcelas até o nascimento do bebê.

  • Variável Nutrição

Muitas famílias possuem em sua integração recém nascidos, que necessitam de uma alimentação equilibrada para que apresentem um desenvolvimento saudável, então nascidos com 0 a 6 meses, contam com até 6 parcelas de R$ 39,00 desde que inscritos no Cadastro Único.

  • Variável Jovem

Na composição familiar os jovens precisam se desenvolver e criar melhores oportunidades de vida, para que possam superar a pobreza, adolescentes de 16 a 17 anos, podem receber até R$ 46,00 por mês.

Cada grupo familiar pode receber até dois benefícios, ou seja, até dois adolescentes na família recebem o valor, chegando ao máximo de R$ 92,00

Superação da Pobreza

Com citamos, há famílias em condições que nem podemos imaginar, que necessitam de uma auxilio maior, estas necessitam ser avaliadas mais de perto para que seja calculado um valor que a faça ter melhores condições de vida.

O cálculo inicial acontece por renda por pessoa contando o benefício pago, além disso pode variar de acordo com a necessidade.

Uma família nessa situação pode acumular várias variáveis, podendo receber até R$ 372,00, para saber detalhes, consulte a prefeitura da sua cidade e verifique em qual variável você se encaixa.

Facilidades do Bolsa Família

Recentemente a Caixa criou uma conta exclusiva para beneficiários do bolsa família, isso ajuda a manter o dinheiro em segurança e usado quando necessário.

Trata-se de uma conta que permite movimentação como qualquer outro cartão, podendo usar funções de débito, consulta de saldos, transferência e outras funções bancárias.

Através disso permite um maior controle do recurso recebido pelo Governo Federal, combatendo a fome e pobreza, além de ajudar na saúde, educação, assistência social e segurança.

Aumento do Bolsa Família

Algo inédito aconteceu em 2016, o Bolsa Família teve um reajuste de 12,5%, sob o valor pago em cada variável, em 18 de julho, passou a valor os novos valores.

Onde um integrante familiar recebia uma média de R$ 77,00 por pessoa em situação de extrema pobreza, passando a receber R$ 85,00 como apresentamos acima e o valor das demais variáveis, saltou de R$ 35,00 para R$ 39,00.

A medida foi realizada para que as famílias pobres pudessem ter uma participação e melhores condições de compra perante a inflação vivida no país, em decorrência de diversos fatores políticos e econômicos.

Após a alteração, o Governo Federal passa a pagar R$ 2,5 bilhões começando de Julho, os novos valores permitem que o cidadão brasileiro dependente do programa possa custear o mínimo na qualidade de vida.

A mudança teve início no primeiro dia do segundo semestre, podendo ser recebido pela família beneficiada em até 90 dias, desde que fique atenta a data correspondente ao número final do seu cartão benéfico.

Os primeiros a receber o benefício são os participantes do programa com o cartão final 1, no decorrer do mês os outros poderão sacar o benefício em uma agência da Caixa Econômica Federal, Lotérica ou usar a Conta Poupança Fácil, destinada aos usuários do Bolsa Família.

Ao aumentar o valor do bolsa família, outras pessoas se enquadram no programa, podendo ser selecionadas para receber o benefício, pois há famílias que são pobres e por diferença mínima não fazem parte do programa.

O aumento em si beneficia quem já possui e com certeza o programa saltará de quase 14 milhões para um número bem maior, permitindo que outras pessoas participem, para isso é necessário procurar a prefeitura da sua cidade e saber se podem se inscrever.

Dúvidas Sobre o Bolsa Família

Algumas famílias recebem benefícios diferentes, saiba o porque. O cálculo de quanto uma família recebe depende das características de vida e da composição familiar, como sabemos é pago uma variável de acordo com cada situação, que pode ou não estar inserido no seu grupo.

Quando reunido as pessoas do grupo familiar, inicia-se os cálculos, mesmo que a composição seja parecida o valor ainda sim pode ser diferente, já que há diversos critérios para recebimento do valor, como por exemplo, adolescentes, crianças recém nascidas ou gestantes.

Existe um valor máximo para bolsa família?

Na verdade não há um valor determinado, claro que no intuito de beneficiar o máximo de pessoas o recurso é usado de forma justa, os critérios para essa situação podem ser os diversos, para saber mais detalhes é necessário conversar com a assistência social da prefeitura da sua cidade.

Quando recebo o benefício, tenho que prestar conta do que compro?

Seguindo o calendário o beneficiário recebe 12 parcelas de um determinado valor, esse não precisa prestar conta do gasto, pode usar o dinheiro para as mais diversas necessidades familiar, como alimentação, saúde, educação e tantos outros.

Recadastro ou Revisão do Cadastro Único

A cada dois anos é necessário realizar novamente o cadastrou ou atualização dos dados, para analisarem se ainda está dentro dos critérios necessários para participar do programa.

Confirmação dos dados ou averiguação existe?

Sim, existe a confirmação dos dados informados no seu cadastro único, por meio dele o Governo Federal faz uma relação com outras informações que você forneceu em outros bancos de dados públicos, quando há divergência as famílias deve corrigir a informação, isso pode ou não comprometer o recebimento do benefício.

Esse cruzamento de dados é para inibir pessoas que tentam usar de formas ilícitas recursos destinados a pessoas que realmente precisam.

Como saber se tenho que recadastrar ou em averiguação?

Pode acontecer 3 situações para você que participa ou fez a inscrição no Bolsa Família, veja:

  1. Você recebe uma carta informado que é necessário atualizar os seus dados, também poderá verificar no extrato quando sacar o benefício.
  2. Se você já sacou e não conseguiu esse mês e no extrato aparece averiguação cadastral, procure a prefeitura da sua cidade o mais breve possível e regularize a situação, esse comunicado também pode chegar na sua casa por carta.
  3. Por último, você fez o cadastro único e não foi contemplado para recebe o benefício e recebeu uma carta em averiguação, saiba que algum dado fornecido está divergente, procure a prefeitura da sua cidade e faça a regularização dos dados.

Recebo 13º ou férias do Bolsa família?

Não, o programa prevê apenas uma auxilio mensal para que as famílias possam ter uma qualidade de vida melhor e vencer barreiras socioeconômicas, falando em 13º ou férias, são questões trabalhistas proporcionadas a participantes do vínculo empregatício por meio da CLT.

O Bolsa família é apenas um programa de incentivo que tem por objetivo ajudar pessoas que tem baixa renda a ter melhores oportunidades de vida e acesso a saúde, educação, segurança e alimentação.

Quem faz o pagamento do Bolsa Família?

O pagamento é realizado pelo Governo Federal, por meio da Caixa Econômica Federal.

A prefeitura da sua cidade não interfere no pagamento e nem faz o controle dos recursos aos participantes, mesmo que haja programas municipais de incentivo socioeconômico na intenção de melhorar a qualidade de vida de pessoas pobres.

A Caixa Econômica Federal realiza apenas o pagamento do valor, ela também não administra o recurso, o valor é recebido pelo governo nominal a cada pessoa por meio do NIS.

O único que pode interferir na remuneração paga é a prefeitura, já que os dados fornecidos partem do Cadastro Único realizado na cidade da família, ainda que serão averiguados para confirmar se são reais ou não.

Se você é participante do Bolsa Família, compartilhe com outras para que o maior número de pessoas possam conhecer um pouco mais do benefício e quem sabe atingir um maior número de beneficiários.

Se você ficou com alguma dúvida sobre o assunto, registre aqui no final da página, em breve esclareceremos.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2.614 votes, average: 3,45 out of 5)

Sobre a Autora

Camila Bertolli

Olá, eu sou a Camila Bertolli, dona do blog e escritora a algum tempo!
Sempre que possível tento trazer os melhores conteúdos, então, acompanhem para se manterem atualizados. Não esqueçam de deixar seus comentários rs 🙂❤

Deixe um Comentário